O que causa o abandono de carrinhos no e-commerce?

O que causa o abandono de carrinhos no e-commerce?

Um dos principais responsáveis por uma taxa de conversão ainda modesta no cenário brasileiro de e-commerce é o temido abandono de carrinho, isto é, quando o cliente chega a selecionar os produtos, mas, na hora de finalizar a compra, acaba desistindo. De acordo com a Forrester Research, cerca de 50% dos varejistas online lidam com uma taxa de abandono de carrinho superior a metade do total de compras realizadas em suas lojas. Mas no Brasil esse número é ainda maior, estando em torno de 83%, conforme aponta pesquisa da empresa Ve Interactive.

Conhecer os principais motivos que levam os consumidores a abandonarem as compras é crucialmente importante para que sejam eliminadas as possíveis barreiras de acesso e assim aumenta-se a efetividade de vendas de seu e-commerce, tornando-o sustentável e lucrativo. Esse artigo vem exatamente para isso, enumerando e esclarecendo esses motivos, fazendo com que você possa entender melhor o que leva um cliente a abandonar um carrinho de compras e tornando suas estratégias mais atrativas e eficientes. Vamos começar?

 

1. Frete

É comum encontrar produtos em promoção onde, no ato da compra, o frete se torna mais caro que o próprio preço do produto. Isso pode gerar um sentimento de insatisfação ou até mesmo fazer com que o cliente se sinta enganado. Criar políticas mais atrativas de frete é uma boa estratégia para contornar essa situação. Você pode estabelecer parcerias com transportadoras, criar seu próprio mecanismo de entregas ou contar com os Correios para ter fretes mais acessíveis, por exemplo. O importante é oferecer opções ao cliente.

 

2. Indecisão

Muitos clientes podem iniciar um processo de compra agindo apenas por impulso, sem a total convicção de que realmente desejam adquirir o produto e, no meio do processo, acabam desistindo e deixando o carrinho abandonado. Para ajudar os clientes na tomada de decisão, é possível que se estabeleçam políticas de incentivo à compra, como por exemplo a oferta de cupons de desconto, promoções ou até mesmo um atendimento personalizado.

 

3. Forma de pagamento

É possível que o cliente esteja de acordo com o frete, tenha a certeza de que deseja adquirir o produto, porém, na hora de finalizar o pedido, se depara com a falta de uma determinada forma de pagamento pretendida por ele. Para que se evite tal transtorno, deve-se contar com uma grande variedade de métodos de pagamento, além de opções de parcelamento flexíveis para abranger um número ainda maior de potenciais consumidores.

 

4. Preço

O preço é, sem dúvida alguma, um fator determinante para que uma compra seja efetivada. E como a maioria dos clientes espera comprar produtos mais baratos no e-commerce, ao se depararem com preços que superam o esperado ou encontram valores mais atrativos na concorrência, tendem ao abandono de carrinho. Para reduzir esse tipo de situação, é recomendado que se faça benchmarking, ou seja, que se realize um processo de avaliação da empresa em relação à concorrência, verificando qual é o preço praticado pelo mercado e adequando-se as melhores práticas.

 

5. Comprar depois

Existem clientes que tem o hábito de salvar o carrinho para comprar depois, em uma oportunidade futura. Esses clientes tem muito potencial, pois realmente possuem a intenção de efetivar a compra. Uma boa maneira de captá-los de uma forma mais rápida é a estratégia de oferta de promoções com prazos determinados, onde, se o cliente efetivar a compra em até algumas horas, ou em até alguns dias, ele ganha um valor de desconto.

 

6. Checkout

A finalização da compra deve ser disponibilizada de forma clara, simples e rápida para o cliente. Quando não se encontra a opção de finalização da compra, pode gerar-se confusão e insatisfação. Por esses motivos, é essencial que se tenha um checkout onde todo o processo é realizado em uma única tela, priorizando essencialmente a efetivação da compra.

 

7. Cadastro

Os clientes possuem uma grande preocupação quanto à segurança dos dados exigidos para que se realize o cadastro na internet. Se houver uma exigência exagerada de dados, questionários muito grandes e a necessidade de se fornecer dados pessoais em excesso, o cliente pode se sentir incomodado e desistir de finalizar a compra. É interessante que o cadastro seja realizado com uma quantidade mínima de informações, tornando-o mais rápido e atrativo para o cliente.

 

8. Prazo

O cliente sempre deseja ter o produto no menor prazo possível. Por isso é tão importante ficar atento na disponibilidade dos produtos e nas políticas de logística e entrega de sua loja. Uma comunicação clara e transparente é de extrema importância para que o cliente não se sinta prejudicado por um longo prazo de entrega sem uma boa justificativa.

 

9. Navegação

Ninguém gosta de navegar em sites com baixa performance, lentos e com informações desencontradas. Isso torna o processo de compra possivelmente irritante e desgastante, fazendo com que o cliente abandone o carrinho antes de finalizá-lo.  Aplicar as melhores práticas de gerenciamento de navegação, utilizando servidores robustos e capazes de suportar uma alta taxa de visitas simultâneas, além de ter um layout personalizado e com design moderno, torna a navegação mais clara e intuitiva para o cliente.

 

Esses são os principais motivos que levam ao abandono de carrinho. Saber identificar as reações dos seus visitantes é fundamental, pois assim também se alcançará uma maior precisão sobre o que deve-se fazer para melhorar o desempenho de seu e-commerce e realizar boas vendas.

Share

Lucas Colette

Fundador da Bubb Web Studio e Bubb.Store

Comments

  1. Material muito interessante! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *